Oque são Antioxidantes e porque eles são tão importantes para nossa saúde?


Publicado em: 17 de maio de 2018

Você com certeza já ouviu algum nutricionista ou médio por aí falar a palavra Antioxidante e recomendar que você consuma qualquer coisa que seja rica neles. Mas afinal, você sabe oque é isso? Neste artigo você vai intender porque é sim super importante consumir diariamente alimentos que sejam ricos nestas substâncias.

Mas antes de começar a falar sobre eles, vamos entender oque é Oxidar.

Espécies reativas de oxigênio (EROs) são produzidas por organismos vivos como resultado do metabolismo celular normal. Por exemplo, o fígado produz e usa radicais livres para desintoxicar o corpo, enquanto os glóbulos brancos sanguíneos enviam radicais livres para destruir bactérias, vírus e células danificadas, o próprio processo de produção de energia celular gera radicais livres. Para além da nossa fisiologia normal, fatores ambientais, como poluentes do ar, fumaça de cigarro e uma alimentação rica em aditivos alimentares e gordura trans podem aumentar a produção de EROs em nossos corpos.

As EROs são moléculas altamente reativas e podem danificar estruturas celulares como carboidratos, ácidos nucléicos (DNA), lipídios e proteínas e alterar suas funções.

Antioxidantes são moléculas que doam um elétron para os radicais livres, os neutralizando e reduzindo os efeitos os efeitos prejudiciais deles. Cada um de nós tem antioxidantes e radicais livres presentes dentro de nossos corpos em todos os momentos. Alguns antioxidantes são feitos a partir do próprio corpo, ao mesmo tempo em que devemos obter outros a partir da nossas dietas comendo alimentos, ervas e especiarias ricas em antioxidantes.Quando os níveis de antioxidantes no organismo são mais baixos do que os dos radicais livres – devido à má nutrição, exposição a toxinas ou outros fatores – a oxidação causa estragos no corpo. O efeito? Envelhecimento acelerado, células danificadas ou mutadas, tecidos prejudicados, ativação de genes prejudiciais dentro do DNA e um sistema imunológico sobrecarregado.

O estresse oxidativo contribui para muitas condições patológicas e doenças, incluindo câncer, distúrbios neurológicos, aterosclerose, hipertensão, isquemia / perfusão, diabetes, síndrome do desconforto respiratório agudo, fibrose pulmonar idiopática, doença pulmonar obstrutiva crônica e asma.

 

Os antioxidantes exógenos incluem dezenas de substâncias provenientes alimentos que você pode ter ouvido falar antes, como o beta-caroteno, licopeno e vitamina C. Estes são vários exemplos de antioxidantes que inibem a oxidação, ou reações promovidas por oxigênio, peróxido e / ou radicais livres. A pesquisa sugere que, quando se trata de longevidade e saúde em geral, alguns dos benefícios de consumir alimentos, ervas, chás e suplementos antioxidantes incluem:

  • Sinais mais lentos de envelhecimento, incluindo a pele, olhos, tecidos, articulações, coração e cérebro
  • Pele mais saudável, mais jovem e brilhante
  • Risco de câncer reduzido
  • Suporte de desintoxicação
  • Maior perspectiva de vida
  • Proteção contra doenças cardíacas e acidente vascular cerebral
  • Menor risco para problemas cognitivos, como demência
  • Redução do risco de perda de visão ou distúrbios como degeneração macular e catarata
  • Antioxidantes também são adicionados a alimentos ou produtos domésticos para evitar oxidação e deterioração

Fontes de antioxidantes em sua dieta oferecem uma ajuda muito necessária para neutralizar o dano causado por coisas como luz azul ou exposição ao sol, uma dieta pobre, fumar ou usar outras drogas, tomar medicamentos, toxicidade ou exposição química, altas quantidades de estresse e outras fatores naturais que aumentam o risco de problemas relacionados à idade. No processo de combater os danos causados ​​pelos radicais livres, os antioxidantes protegem as células saudáveis ​​e, ao mesmo tempo, impedem o crescimento de células malignas ou cancerígenas.

Pode ser mais fácil do que você imagina adicionar uma bos quantidade de Antioxidantes na sua alimentação. Com base nas pontuações ORAC fornecidas pela Superfoodly (com base em pesquisas de um grande número de fontes), abaixo estão alguns dos principais alimentos antioxidantes por peso:

As pontuações ORAC acima são baseadas no peso. Isso significa que pode não ser prático ingerir grandes quantidades de todos esses alimentos antioxidantes. Outros alimentos altamente antioxidantes não listados acima, que ainda são ótimas fontes e altamente benéficos, incluem alimentos comuns como tomates, cenouras, sementes de abóbora, batata-doce, couve e abóbora. Tente consumir pelo menos três a quatro porções diárias desses alimentos altamente antioxidantes para uma saúde ideal.

Juntamente com alimentos antioxidantes, certas ervas, especiarias e óleos essenciais derivados de plantas densas em nutrientes são extremamente ricos em compostos antioxidantes de cura. Aqui está outra lista das ervas que você pode tentar adicionar ao seu hábito alimentar para aumentar a proteção contra doenças.

  1. Cravo: 314.446 pontuação ORAC
  2. Canela: 267.537 pontuação ORAC
  3. Orégano: 159.277 pontuação ORAC
  4. Cúrcuma: 102,700 pontuação ORAC
  5. Cacau: 80.933 pontuação ORAC
  6. Cominho: 76.800 pontuação ORAC
  7. Salsa (seca): 74.349 pontuação ORAC
  8. Manjericão: 67,553 pontuação ORAC
  9. Gengibre: 28.811 pontuação ORAC
  10. Tomilho: 27.426 pontuação ORAC

Outras ervas ricas em antioxidantes incluem alho, pimenta caiena e chá verde. Apontar para consumir duas a três porções destas ervas ou chás de ervas diariamente.

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3488923/

ORAC Values: Antioxidant Values of Foods & Beverages